FIES – inscrição, requisitos e vagas remanescentes para o financiamento estudantil

O que é o FIES e quando devo recorrer ao financiamento?

O FIES, programa de financiamento de cursos de nível superior não gratuitos do Ministério da Educação pode ser acessado através da sua nota do Enem. Os requisitos a serem cumpridos são simples e o programa de financiamento é um grande auxílio para quem não conseguiu ser aprovado no Prouni pelo Enem, por exemplo.

Publicidade

Como funciona o Financiamento Estudantil?

O Fies é uma opção para o estudante que não foi aprovado nas bolsas do Prouni, não sendo utilizado para ingresso em instituições de ensino superior gratuitas, como as universidades federais, por exemplo. O financiamento disponibilizado pelo governo federal, através do Ministério da Educação utiliza taxas de juros abaixo do mercado e o estudante conta, ainda, com 18 meses de prazo de carência após finalizar o curso para iniciar o pagamento do valor financiado para a conclusão do curso escolhido. Além disso, ao iniciar o pagamento, o valor financiado poderá ser quitado em até 3 vezes o prazo financiado, ou seja, se o valor para conclusão do curso foi financiado em 4 anos, o estudante terá até 12 anos para a quitação do montante.

Porém, durante todo o período do curso e do prazo de carência, o estudante deverá, a cada três meses, pagar o valor máximo de R$ 150,00, relativos ao pagamento de juros incidentes sobre o financiamento.

Requisitos para inscrição no FIES

A inscrição no Fies, utilizando a nota do Enem, deve cumprir alguns requisitos simples e que, na prática, são comuns aos programas de auxílio nos estudos:

  • ter participado do Enem a partir da edição de 2010 e nota igual ou superior a 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos. A nota na redação deve ter sido superior a zero;
  • renda familiar mensal bruta de até 3 (três) salários mínimos por pessoa.

As inscrições para os candidatos não graduados e para os candidatos graduados são feitos em dois momentos diferentes, sendo que a inscrição é gratuita e realizada exclusivamente pela internet, na página própria: http://fiesselecao.mec.gov.br. É importante lembrar que o candidato deverá cadastrar-se, primeiramente, no sistema de vagas remanescentes do Fies, antes de inscrever-se para o FiesSeleção.

Valor mínimo de financiamento e vagas remanescentes

Apesar do valor mínimo estipulado para financiamento ser de R$ 50,00, o candidato deve estar ciente que não há um percentual mínimo para financiamento. Esse percentual será definido através de análise da renda familiar mensal bruta por pessoa.

A vaga remanescente para o qual o candidato fez a inscrição é reservada, sendo necessário que o mesmo compareça para fazer a validação das informações em até 10 (dez) dias, na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), da instituição de ensino na qual frequenta o curso. O prazo será contado a partir do dia seguinte ao da inscrição. O mesmo prazo deverá ser cumprido para validar as informações perante o agente financeiro do FIES.

O que pode me impedir de me candidatar às vagas remanescentes do FIES?

Caso haja pendências nos processos de validação de informações na instituição de ensino ou no agente financeiro ou, ainda, na fase de inscrição no SisFies, de candidato pré-selecionado para o processo seletivo regular do FIES, este não poderá fazer sua inscrição em vagas remanescentes.

É importante ressaltar que o candidato que apresentar informações ou documentos falsos na fase de vagas remanescentes ficará sujeito às sanções penais eventualmente cabíveis, assim como o encerramento do contrato de financiamento. Acesse aqui a página do FIES.

FIES – inscrição, requisitos e vagas remanescentes para o financiamento estudantil
Avalie